Parashá

Mediocridades da arrogância

Conta uma velha piada israelense que perguntaram ao ole chadash (novo imigrante) número mil da ex-união soviética:- diga-nos, como era a comida na URSS?- não posso reclamar- e o trabalho?- não posso reclamar- e a política?- não posso reclamar- e a economia...

ler mais

Uma visão judaica do amor

“ve’ahavtá et Adonai Elohêcha, be’chól levavchá….”Só de pensar nestas palavras - que, assim como primeira frase do Sh’má, estão na parashá desta semana - eu já consigo escutar nossa comunidade declarando-as conjuntamente, no ritmo cadenciado como fazemos...

ler mais

Os judeus e as palavras

Quando pensamos nas oferendas que aconteciam nos Templos de Jerusalém, o estranhamento é inevitável. É difícil entender como pessoas como nós se sentiam a vontade com um ritual que consistia no abate de animais para se aproximar de Deus. A explicação...

ler mais

Lição de liderança

Depois de um sabático de três meses de estudos em Londres, voltei para São Paulo e tenho o prazer de compartilhar, junto com você, este primeiro Cabalat Shabat na CIP, começando a contar sobre as minhas experiênciasNo final da leitura da parashá da semana...

ler mais

Senão completamente, muito feliz.

Por que nós nunca vemos ninguém dizendo que é completamente feliz ? As pessoas dizem que as coisas “vão indo”. As mais otimistas dizem que as coisas “vão indo muito bem”. Mas nunca encontramos alguém que diz: “as coisas estão perfeitas”.Por mais que as...

ler mais