Sessão Beneficente do Espetáculo Bagagem em prol da Congregação Israelita Paulista (CIP)

Me senti como se estivesse fazendo o espetáculo para a minha família, destacou o ator Marcio Ballas ao final da apresentação

O ator Marcio Ballas cativou a plateia do início ao fim da Sessão Beneficente da peça Bagagem, que foi realizada na última segunda-feira, dia 08 de outubro, no Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura,  em prol da Congregação Israelita Paulista (CIP).

Marcio Ballas é filho de imigrantes judeus egípcios. No monólogo Bagagem, ele  resgata parte importante de sua família, desde a Guerra de Suez, quando seus pais perderam tudo, saíram do Egito e vieram para o Brasil, passando pelas brincadeiras de sua infância e adolescência, até os dias atuais.  No divertido espetáculo,  que mescla poesia e humor, Ballas traz o espectador, literalmente, para dentro do espetáculo e vai costurando suas histórias com a participação do público presente.

A Sessão Beneficente foi ainda mais especial, pois após a apresentação, o ator participou de um bate-papo com os rabinos da CIP, Fernanda Tomchinsky- Galanternik, Michel Schlesinger e Ruben Sternschein.

“A bagagem judaica não se limita a uma questão da Sinagoga, a uma reza, a um ritual. Assim como o stand up Bagagem, que trata da vida, o judaísmo vai muito além da Sinagoga e esse é um dos caminhos principais do despertar judaico. Marcio Ballas é uma pessoa que dialoga diretamente com esse judaísmo integrado à vida”, destacou o rabino Ruben Sternschein.

“Através da bagagem particular do querido Marcio Ballas, pudemos entrar em contato com a bagagem que cada um de nós carrega nas costas, da luta pela sobrevivência de nossos antepassados e da transmissão de valores. A história do Marcio e de sua família é a história de todos nós”, complementou o rabino Michel Schlesinger.

Para a rabina Fernanda Tomchinsky- Galanternik:  “a história de cada um, é um pedacinho da história de todo o nosso povo.  É como se através de um personagem,  contássemos a história de cada um de nós”.

“A apresentação em prol da CIP  foi muito especial.  Me senti como se estivesse fazendo o espetáculo para a minha família. Foi muito gostoso dividir parte das minhas histórias com esse público, que de alguma maneira também faz parte dessa história”, frisou o ator.

A Sessão Beneficente do Espetáculo Bagagem  contou com apoio do  Ministério da Cultura – Lei de Incentivo a Cultura do Governo Federal.  E nos patrocinadores foram: Itaú-Unibanco, Rosset, GR Segurança, Bemol e Focus Energia.