Chevra Kadisha | Falecimentos e cerimônias

Contato com Sérgio Cernea: 11 99204-2668/ 2808-6291. ou [email protected]

FALECIMENTOS:

  • Ana Claudia Sayeg Freire Murahovschi, em 19/04, aos 54 anos
  • Leonardo Swirski Bilbinder, em 03/06, aos 64 anos
  • Madelene Sacerdote, em 08/06, aos 91 anos
  • Yoram Weissberger, em 15/06, aos 75 anos
  • Miriam Bergel Oelsner, em 15/06, aos 76 anos
  • Ivett Mandelbaum, em 22/06, aos 74 anos

 

SHLOSHIM:

 

MATZEIVA:

 

YAHRZEIT:

A criação da Chevra Kadisha da CIP começou a ser discutida pouco tempo após a fundação da Congregação. Um dos motivos foi a preocupação de seus integrantes com a diferenças no ritual funerário, de acordo com a origem de cada uma das famílias. Assim, em outubro de 1937 foi fundada a Chevra Kadisha da CIP, com um grupo de voluntários formado por dez mulheres e seis homens, que se dedicou a esta importante e imprenscindível mitsvá de dedicação às famílias neste momento de dor.

O principal objetivo, até os dias atuais, é dispensar ao falecido um tratamento digno, adequado e honroso, estritamente em conformidade à halachá e às tradições de nossas origens. O serviço está disponível para sócios e não-sócios da CIP. Tão logo nossa Chevra Kadisha é acionada, todas as medidas e detalhes necessários (civis, legais, operacionais e religiosos) são imediatamente providenciados (remoção, preparação, cerimonial, liturgia,rezas na casa dos familiares, publicação de anúncio nos jornais, etc) com o comparecimento do responsável.

Desde a criação da Chevra, a colaboração de um grupo responsável pela confecção das roupas e lençóis utilizados nos rituais fúnebres foi fundamental. As voluntárias da Costura da Chevra Kadisha reúnem-se quinzenalmente e, entre elas, algumas são responsáveis pelo tahar (banho ritual), que é parte integrante do cerimonial funerário.

Ser voluntário de uma Sociedade Sagrada Funerária é uma das mais honradas mitsvot que existem. Caso tenha interesse em participar de um de nossos grupos, entre em contato através do email [email protected].